Destaques
Campeão Indiscutível

Campeão Indiscutível

Uma das maiores vantagens de um campeonato por pontos corridos é que o vencedor costuma ser indiscutível. A exceção, quando ocorrer, é mais por alguma ...

Veja mais

Quando o 100% Não é o Bastante

Quando o 100% Não é o Bastante

O futebol muda muito rapidamente em vários aspectos. Nenhuma fase boa dura para sempre, e nem um mau momento é eterno. Portanto, de modo geral, ...

Veja mais

Internacional na Libertadores 2006

Internacional na Libertadores 2006

É inegável que os colorados estão tendo um 2016 triste e frustrante. O Internacional vem colecionando derrotas e recordes negativos. Lutar contra o rebaixamento é ...

Veja mais

O STJD e um alerta para alguns clubes

O STJD e um alerta para alguns clubes

O futebol brasileiro roda, roda, roda e continua cometendo os mesmos erros de sempre. Chega a ser cansativo! Mas novamente temos o STJD entrando em ...

Veja mais

Curtinhas do Mundo da Bola

Curtinhas do Mundo da Bola

A coluna de hoje vai ser no estilo curtinhas. E começo pela seleção brasileira. O Tite consegui 4 vitórias nos primeiros jogos e o Brasil ...

Veja mais

Fim de Uma Era

Fim de Uma Era

Depois de 22 anos o jornalista José Trajano foi demitido da ESPN Brasil na última semana. Após ser diretor do canal e responsável pela formação ...

Veja mais

Posts Tagged ‘organização’

PostHeaderIcon Futebol (Quase) Invisível

Não vou dizer que acompanho o futebol feminino de forma constante. Como a grande maioria do público, cometo o equívoco de enxergar o jogo com a medida que uso muitas vezes para enxergar o futebol masculino. E falo isso sem nenhum tipo de preconceito do tipo que acha que a mulher se masculiniza apenas por praticar uma modalidade que a sociedade moldou para ser mais voltada aos homens. Penso mesmo no nível técnico das partidas que nem sempre é alto, ainda que muitos jogos dos Brasileirão dos homens eu tenha a mesma sensação ruim…

Porém é notável que as meninas que atuam, principalmente aquelas com mais destaque na Seleção Brasileira se esforçam e muitas delas demonstram boa qualidade técnica, ainda que o Brasil não tenha vencido uma grande competição na modalidade, apesar de bater na trave duas vezes nas Olimpíadas de 2004 e 2008. No entanto algo nos últimos anos tem chamado minha atenção. futebol feminino brasil bola parada

Em todo fim de ano tem sido promovido, principalmente pela TV Bandeirantes e com patrocínio da Caixa um torneio internacional com algumas seleções atuando contra o time brasileiro e invariavelmente a equipe nacional tem vencido esta competição. Ok, é interessante fazer com que a Seleção atue e se mostre para o público local. Mas até que ponto uma competição com nível técnico discutível pode fazer com que a Seleção evolua? A performance no último Campeonato Mundial não foi boa, com o time caindo nas oitavas de final perdendo para a Austrália. Ou seja, são vitórias até agora um pouco inúteis.

O que também me chama a atenção é que a alguns anos existe um Campeonato Nacional feminino de futebol, que até vem tendo transmissão do FOX Sports e da TV Brasil. Mas com exceção dessas emissoras o espaço dado à modalidade nas outras mídias é ainda pequeno. Além disso, tirando a equipe do Santos, não temos outros times de camisa pesada na disputa. Claro que não é fácil para alguns clubes brasileiros manterem equipes femininas de alto nível até mesmo por questões financeiras. Mas penso que só assim, com mais visibilidade na mídia e um apoio real dos clubes que já são consolidados no país, é que o futebol feminino possa ter uma realidade mais concreta por aqui.

Falo isso pois me incomoda a provável pressão que o futebol feminino (e mesmo outras modalidades menos midiáticas) terão no ano que está chegando com a Olimpíada no Rio de Janeiro. Muitos que não veem sempre alguns esportes vão cobrar medalhas de esportes que, ainda que possuam alguns talentos individuais, não são tão valorizados no país. E não falo apenas de recursos financeiros, mas sim de reconhecimento e respeito, além de maior organização. Sem contar a cultura nacional de apenas valorizar quem vence. É um assunto para ser muito discutido em 2016 e voltaremos ao tema…

Share Button

PostHeaderIcon Mineirão 14/6/2014

Ontem tive a chance de ir ao Mineirão para assistir ao jogo entre Colômbia e Grécia pela Copa do Mundo. É preciso ser justo com algumas coisas em relação ao evento da FIFA. O sistema para a compra dos ingressos, pelo menos no meu caso, funcionou sem problemas. Comprei o ingresso para a partida há 3 meses e fui retirá-lo no final de abril e não houve complicação. O nível de informação contido no bilhete também era satisfatório. Claro que isso não é mais do que a obrigação de quem organiza um evento, mas se analisarmos algumas coisas que aconteceram ontem… copa mineirão bola parada

O transporte público foi bem posto pela prefeitura de Belo Horizonte em termos de quantidade de ônibus. Porém não havia uma informação clara anteriormente sobre qual tipo de ônibus era mais barato para se chegar ao Mineirão (tirando claro as linhas comuns que custam R$2,85 e que continuavam circulando normalmente e que talvez eu use no jogo Costa Rica x Inglaterra). Havia um veículo do novo sistema MOVE (ônibus com circulação em faixa exclusiva) e outro especial, com ônibus comuns, mas para uso exclusivo apenas para se fazer o transporte de ida e volta do estádio. Esses “especiais” custavam R$15 ida e volta e foi esse que preferi pegar; só que o ônibus do MOVE era mais barato e eu poderia tê-lo usado, pois eu desceria perto de onde eu desejava, na “divisa” entre BH e Contagem (apesar de Contagem ainda não ter tantas dessas faixas exclusivas para ônibus). Como eu não sabia…Mas ao menos a oferta dos tais especiais foi farta, como disse antes e o trânsito, tanto na ida quando na volta, estava tranquilo. copa mineirão 2 bola parada

Cheguei cedo à região do estádio por volta das 9 da manhã. Sim, cedo mesmo pois, além de gostar de ir antes para não ter tanto problema de fila ou outro tipo de atraso, fiquei receoso com algum efeito de manifestações, que na verdade ficaram restritas (e em pequeno número) ao centro da cidade. Porém, mesmo sem problemas relacionados aos protestos, aconteceram alguns equívocos na organização do jogo. O primeiro foi a localização do ponto de descida do ônibus especial. Ele era distante das entradas do Mineirão, fazendo com que as pessoas tenham de andar quase 2 Km para chegar no estádio. Estava previsto que os portões estariam abertos às 10 da manhã, mas isso só ocorreu às 10:40. Na entrada não existia fila organizada, mas ao menos houve respeito na passagem da maioria. copa mineirão 3 bola parada

Após isso havia um encaminhamento para uma fila de revista de objetos. No meu caso foi UMA fila mesmo. Ao invés de termos mais guichês na entrada do portão C, só havia um funcionando, o que me fez ficar 15 minutos na fila. Mas de todo modo entrei no estádio de fato às 11:10, o que não está tão ruim. copa mineirão 4 bola parada

Mas o que foi péssimo foi o fato de não ter lanche no meu setor. Só havia aqueles salgadinhos ao estilo Chips. O feijão tropeiro tão falado do Mineirão só chegou do outro lado do estádio lá por volta de meio-dia e nem chegaria aonde eu estava, então fico devendo uma avaliação da qualidade do produto. Me disseram que os lanches chegariam depois do início da partida, mas até deixei para lá e não comi nada. Só bebi um latão de cerveja e uma garrafa de refrigerante, “tudo” isso pelo singelo valor de R$18…Nesse ponto podemos dizer que houve um grande abuso de preços e serviço com algumas falhas, sem contar as filas de praxe na hora do intervalo. Ao menos os bebedouros estavam funcionando bem…Não utilizei os banheiros de dentro do estádio, então não sei como estava o estado deles ontem.

O estádio em si é agradável e, mesmo ficando mais atrás do gol, a visão do campo era boa. E principalmente a atmosfera criada pelos colombianos, que praticamente invadiram Belo Horizonte (e devem repetir o expediente nas outras sedes com jogos da sua seleção) fez com que a partida, mesmo não sendo ótima tecnicamente, se tornasse boa. Destaco também como positivo o atendimento da maioria dos voluntários que procuravam sempre serem solícitos.
Mas em termos de organização, avaliando de forma geral, podemos dizer que o serviço foi apenas razoável. copa mineirão 5 bola parada

É complicado exigir que tudo funcione de uma hora para outra em um país em que muita coisa já não funciona em dias normais. Como experiência valeu poder assistir a um jogo de Copa. Só penso que infelizmente algumas coisas boas do sistema que é feito para que tenhamos um melhor atendimento, talvez não sejam constantes, devido ao pouco hábito de seguirmos os bons exemplos. Se tivermos isso como o tal “legado” da Copa, ao menos ela já terá valido para alguma coisa por aqui. copa mineirão 6 bola parada

Share Button

  • Enquete

    • Qual clube corre mais risco de rebaixamento?

      Veja Resultados

      Loading ... Loading ...