Destaques
Campeão Indiscutível

Campeão Indiscutível

Uma das maiores vantagens de um campeonato por pontos corridos é que o vencedor costuma ser indiscutível. A exceção, quando ocorrer, é mais por alguma ...

Veja mais

Quando o 100% Não é o Bastante

Quando o 100% Não é o Bastante

O futebol muda muito rapidamente em vários aspectos. Nenhuma fase boa dura para sempre, e nem um mau momento é eterno. Portanto, de modo geral, ...

Veja mais

Internacional na Libertadores 2006

Internacional na Libertadores 2006

É inegável que os colorados estão tendo um 2016 triste e frustrante. O Internacional vem colecionando derrotas e recordes negativos. Lutar contra o rebaixamento é ...

Veja mais

O STJD e um alerta para alguns clubes

O STJD e um alerta para alguns clubes

O futebol brasileiro roda, roda, roda e continua cometendo os mesmos erros de sempre. Chega a ser cansativo! Mas novamente temos o STJD entrando em ...

Veja mais

Curtinhas do Mundo da Bola

Curtinhas do Mundo da Bola

A coluna de hoje vai ser no estilo curtinhas. E começo pela seleção brasileira. O Tite consegui 4 vitórias nos primeiros jogos e o Brasil ...

Veja mais

Fim de Uma Era

Fim de Uma Era

Depois de 22 anos o jornalista José Trajano foi demitido da ESPN Brasil na última semana. Após ser diretor do canal e responsável pela formação ...

Veja mais

Posts Tagged ‘Michael Schumacher’

PostHeaderIcon Resumo de Fim de Ano

Estamos no fim de ano e vou tratar brevemente de alguns assuntos que estão dominando o noticiário nesse término de 2013.

portuguesa bola paradaSegundo a decisão do Tribunal Pleno do STJD, Portuguesa e Flamengo perderam 4 pontos e com isso o Fluminense permanece na primeira divisão. O Vasco que tentou a anulação do jogo contra o Atlético/PR não conseguiu sucesso em seu intento e, tudo indica, terá de disputar a Série B de 2014. Tudo isso parece ser provisório pois podemos ter ações na Justiça Comum que podem confundir ainda mais o já enrolado processo de rebaixamento. O que mais chateia é a aura de “processo político” da decisão, pois muitos duvidam que algo aconteceria se o beneficiado da história não fosse um time carioca, que já conseguiu se safar de dois rebaixamentos anteriormente.

Mas como o comentarista Paulo Vinícius Coelho da ESPN Brasil e da Folha de S. Paulo disse durante todo o processo, se fosse um julgamento entre Portuguesa e Ponte Preta provavelmente não teríamos tanta repercussão e comoção como estamos vendo agora. É bom lembrar que o processo não define um rebaixamento e sim a perda de pontos de alguns clubes. O Fluminense paga pelas viradas de mesa do passado, mas não me parece agora ser algo semelhante. Culpar apenas o time do RJ pelo absurdo é errado, pois é bem provável que QUALQUER TIME que estivesse no lugar do Flu iria se aproveitar da situação.

Sendo assim a Portuguesa merece uma punição pela burrice que cometeu (assim como o Flamengo). A questão é: deveria acontecer a perda de 3 pontos além dos que são conquistados no jogos em que tivermos a presença de algum jogador irregular? E, principalmente, deveríamos ter alguém beneficiado? Não seria mais justo tirar os 4 pontos no próximo campeonato, ou subir o quinto colocado da série B ou então jogarmos a série A com 19 times? A forma da punição é que deve ser discutida e me parece que poucos querem mexer nesse vespeiro. Sobre a justiça favorecer mais os grandes no país, é algo que infelizmente também precisa ser criticado e lembrado, mas um clube também não pode ser punido antecipadamente apenas por ser grande. Em relação ao caso do Vasco, a derrota de 5×1 no jogo em que foi rebaixado me parece bem eloquente e mostra como a tentativa do clube de tentar as coisas na marra beira o ridículo.

*****

boxing day bola paradaNo fim do ano a maioria dos países dá um tempo em suas atividades no futebol; um dos poucos que continua normalmente com jogos é a Inglaterra. No dia 26 de Dezembro temos as partidas do chamado “Boxing Day”, data ligada ao comércio no Hemisfério Norte (e um termo já copiado por alguns aqui no Brasil, país com muitos “mestres” na arte da vontade de querer ser “chique” só por falar unas 12 palavras em inglês…) e feriado por lá. O mais incrível é que tivemos jogos também em 28 e 29 de Dezembro e teremos mais uma rodada logo no primeiro dia do ano.

Entendo que o público inglês esteja acostumado com essa maratona e dê suporte nos estádios com boa presença; também para quem gosta de futebol pela TV não é ruim passar o fim de ano vendo alguma partida, mas não deixa de ser estranho ver pessoas e canais de TV (notadamente a ESPN Brasil), que criticam um certo aperto no calendário brasileiro acharem normal times ingleses jogarem numa quinta, depois num sábado, depois numa quarta (depois do réveillon!) e logo após, no primeiro fim de semana de 2014. Penso que poderiam maneirar tanto no número de partidas no fim de ano quanto no apoio cego à tudo que vem de fora (e na crítica de tudo que é feito por aqui…).

*****

Não pretendo discutir sobre MMA (até porque aqui falamos mais sobre futebol). Não tenho a menor simpatia pelo evento, diferentemente do Marco, que até assiste alguma coisa. Também não vou fazer piada sobre a contusão do Anderson Silva, como muitos oportunistas e humoristas de Twitter gostam de fazer. Espero que ele se recupere totalmente, como desejaria para qualquer um. Não o considero totalmente um atleta, pois tenho dificuldade de considerar o que ele pratica como sendo um esporte.

Por isso mesmo me chama a atenção o fato de algo que até 4 anos atrás, era praticamente desconhecido do grande público, ganhe manchetes de jornais, portais de internet e seja o principal assunto de qualquer programa ESPORTIVO (até mesmo daquelas emissoras que diziam detestar esse tipo de luta), principalmente por termos algum brasileiro com mais destaque. O Marco define bem esse comportamento como “estouro da manada”. A líder (Globo) vai, todo mundo vai atrás de audiência fácil (apesar de que é bom ressaltar que foi na RedeTV! que aconteceu a primeira grande audiência dessa “modalidade”). Como não sou gado e não gosto de ser marcado, prefiro ficar longe.

*****

Que Michael Schumacher possa se recuperar desse terrível acidente. Por mais que seja muito criticado (e até certo ponto “demonizado”) aqui no Brasil, é um gênio do automobilismo, um dos maiores de todos os tempos da F-1. Que ele tenha força e a luz de Deus para superar esse momento complicado.

*****

Desejo aos leitores do Bola Parada um Feliz 2014, com muita saúde, paz, felicidade, sucesso e muitas vitórias, dentro e fora dos campos, quadras e pistas!

Share Button

  • Enquete

    • Qual clube corre mais risco de rebaixamento?

      Veja Resultados

      Loading ... Loading ...